terça-feira, 4 de julho de 2017

BD0527 Corentin em «O punhal mágico»

 
"Corentin, adolescente impetuoso, órfão, abandonou o tio que o maltratava para percorrer o mundo. Em nome da amizade, da justiça e da sede de aventura, percorreu meio mundo, com destaque para a Índia mas também com passagens pela China e os Estados Unidos, encontrando sempre amigos para partilhar as suas andanças, quase sempre adolescentes como ele, com destaque para os (mais recorrentes) ‘indianos’ Kim e princesa Sa-Skya, bem como Belzebuth (um gorila) e Moloch (um tigre).
Apesar de confrontos duros, sucessivas traições e da vivência de situações extremas, nas aventuras de Corentin raramente há mortos – e quando os há devem-se a acidentes – e nelas reina uma ingenuidade desconcertante revelada na forma como Corentin e os seus amigos resolvem tudo e sempre se saem bem." (Fonte: As leituras de Pedro)
 
Este trabalho de grande fôlego de Paul Cuvelier foi publicado no Cavaleiro Andante, fascículos 422 a 467.

Sem comentários:

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...